Arquivo | dezembro, 2010

Festa Consciente

10 dez

Essa semana a minha bonequinha completou 2 anos! Mais uma vez o desafio: fazer uma festa bonita que gerasse pouco lixo. Tratando-se de festa infantil, é bem difícil fazer algo sustentável, pois não consigo abrir mão de guardanapos de papel nem de copos descartáveis para as crianças , mas acredito ter feito algumas escolhas que contribuíram para uma festa consciente.

Quando a Eloah estava na maternidade, pequenininha toda enrolada na mantinha, eu achei que ela estava muito parecida com uma Matryoshka e tive a idéia de fazer uma festinha para ela com esse tema. O primeiro aniversário da Lola aconteceu junto com o batizado, então tive que abrir mão da idéia, pois achei que não combinava com a ocasião. Este ano, em uma de minhas viagens, achei uma lata com os desenhos das bonequinhas e  o bule de chá combinando, não resisti. Nesse mesmo dia comprei as forminhas de silicone para brigadeiros e cupcakes, assim posso reutilizá-las por muitos e muitos anos .

Acontece que depois disso, não achei mais nada com as babooshkas, como também são chamadas, e estava quase mudando de idéia em relação ao tema, quando “fuçando” no Etsy encontrei um arquivo das bonequinhas, em pdf , vendido por 3 dólares! Com esses desenhos, pedi para uma amiga fazer o convite, eletrônico, é claro, e outro amigo  fez as plaquinhas que foram coladas no painel de balão e o adesivo colado no porta-canudos.

 

O painel foi feito com balões biodegradáveis. Para decorar a mesa juntei objetos que tenho em casa com as latinhas compradas na viagem e flores naturais. As flores que estão embaixo da mesa foram reaproveitadas do aniversário da amiguinha da Lola que aconteceu 4 dias antes, e a mãe dela, que é madrinha da Lola, fez os docinhos que estavam deliciosos!

Sem saber o que fazer para lembrancinha, saí da faculdade mais cedo e resolvi dar uma volta por ali mesmo, no bairro da Liberdade. Para a minha sorte, achei as babooshkas nas cores que eu estava usando para a festa e num preço acessível. Embalei as bonecas em bandanas (para não gerar lixo com a embalagem) e imprimi uma mensagem de agradecimento no papel reciclado que ia enrrolado dentro das bonecas.

Como montei tudo sozinha no dia, na correria acabei cometendo o maior deslize de todos; esqueci de separar o lixo!!! Falta gravíssima eu sei…

Fiquei muito feliz com o resultado, a festinha acabou ficando mais gostosa por que teve ajuda de muitos amigos queridos e a felicidade da Eloah dançando na hora do “Parabéns” foi a melhor recompensa!

 

 

 

 

PS: As latinhas agora fazem parte da decoração do quarto da Eloah!

Anúncios