Arquivo | abril, 2011

Subindo pelas paredes!

28 abr

Já não se fazem mais apartamentos como antigamente… Prédios antigos são um charme, cômodos mais amplos, construção bem acabada, pé direito alto e aqueles pisos de taco de madeira que são lindos! O problema é que na hora de reformar muita gente se vê obrigada a trocar o piso, por não encontrar peças para a reposição no mesmo modelo ou cor dos antigos. Mas nem por isso é preciso desperdiçá-los! A sugestão? Subir pelas paredes! Como fez a arquiteta Maristela Gorayeb, que  reutilizou os tacos do seu apartamento para revestir a parede do buffet de sua sala de jantar

Via Casa Claudia



Incomodados de tanto verem os pedaços de madeiras nobres abandonados em caçambas de entulhos espalhadas pela cidade,  os designers Nelson Schiersari e Patricia Fernandes criaram a linha México para a Hoc Die Design.  São estantes, mesas e até biombos, confeccionados com o material, que depois de limpos e lixados, são colados na estrutura de compensado certificado e recebem acabamento de cera.

Linha México - via Hoc Die

A Energia da Laranja

18 abr

Se a vida te der um limão, faça uma limonada. Se der laranjas, faça um outdoor!

Pelo menos foi essa a idéia da agencia de publicidade DDB. O outdoor acima é uma propaganda da Tropicana,  a intenção da agência era mostrar o quão energizante o produto é, a ponto de ser capaz de gerar energia até mesmo para um outdoor.  A grande sacada: a energia do letreiro é gerada pelas próprias laranjas! Claro,  o suco das laranjas não seria suficiente para criar eletricidade para o painel luminoso, então foram adicionados à mistura partículas de zinco e cobre, que facilitam a condução de energia.  Assitam ao vídeo, um mix de criatividade, tecnologia e sustentabilidade!

Lixo Eletrônico

6 abr

No último 1 de Abril, começou a valer a lei que obriga os fabricantes a reciclarem todos os produtos eletrônicos vendidos em Nova York.  Apple, Sony, Compaq… todas deverão organizar e divulgar seus próprios programas de logística reversa.

Infelizmente ainda não temos esse tipo de lei por aqui, mas podemos contar com iniciativas privadas como a do CidadaoEco. A empresa recolhe, gratuitamente,  todo tipo de material eletrônico: placas mãe, CPU, HDs, memórias, computadores, celular com bateria e s/bateria, fios e cabos de força, processadores, no-break, CD-ROM, floopy, flat-cable, aparelho CD/DVD, bateria automotiva, etc… desmonta e encaminha as peças para a reciclagem.

Lembre-se: Esse tipo de material possui em sua composição metais pesados que podem acabar contaminando solos e lençóis freáticos se não receberem o tratamento adequado.

Inimiga da HP?

6 abr

Minha impressora quebrou, como consertá-la custaria o preço de uma nova, optei pela compra. Mas aí começou o problema, o que fazer com a antiga?

Entrei em contato com o serviço da HP via e-mail e, para minha surpresa, fui prontamente atendida. Eles me solicitaram o modelo e o número de série da impressora para que pudessem me indicar aonde entregá-la. Eu enviei, mas a resposta não veio. Uma semana depois, decidi tentar outra estratégia; fui à uma loja e condicionei minha compra da impressora nova ao recebimento da minha antiga. Eles aceitaram prontamente, mas sabe lá Deus se realmente encaminharão ao destino adequado.

Exatamente meia hora depois, recebo um e-mail me indicando um centro de reciclagem da HP. Então resolvi divulgar aqui, para evitar que aconteça o mesmo com outros consumidores da HP!

Av Vereador José Diniz 1709 – Santo Amaro

Seg à Sex 09 às 18hrs

Sáb 09 às 12 hrs