Arquivo | lixo RSS feed for this section

Pimp My Carroça

1 jun

Acontece neste final de semana a  segunda edição do Virada Sustentável. O evento, inspirado na Virada Cultural, tem como objetivo aproximar os paulistanos de temas relacionados à sustentabilidade. Nesta edição, o grande destaque é o projeto criado pelo grafiteiro Mundano,  o Pimp my Carroça. O projeto é  uma alusão aos programas de tv que tunam carros velhos, mas aqui o objetivo é mais nobre, tirar da invisibilidade personagens tão importantes na coleta seletiva de nossa cidade, dando uma repaginada em suas carroças e um trato em seus motoristas, que receberão atendimento de um clínico geral, oftamologista e sairão de lá de “tanque” cheio depois de uma bela refeição. Para o grand finale uma “Carroceata” pelo centro da cidade     chamará a atenção do mundo para a importância do trabalho dos cerca de 22000 catadores que são responsáveis pela coleta de 80% de materiais recicláveis de nossa cidade.

Em ano de RIO +20, # fica a dica que não é preciso esperar que as mudanças venham de cima. A arrecadação de verba para essa acão foi feita por meio de um site de crowdfounding, onde o valor pretendido era de R$ 38 200 e o arrecadado foi quase o dobro! As carroças serão pintadas por um time de  grandes graffiteiros  fazendo circular  arte, bom-humor e reflexão por nossa cidade cinzenta. A ação está marcada para início do dia 03/06 às 8:00 no Vale do Anhangabaú.

 

Veja o vídeo do projeto no link abaixo:

Pimp my Carroça

Lixo Eletrônico

6 abr

No último 1 de Abril, começou a valer a lei que obriga os fabricantes a reciclarem todos os produtos eletrônicos vendidos em Nova York.  Apple, Sony, Compaq… todas deverão organizar e divulgar seus próprios programas de logística reversa.

Infelizmente ainda não temos esse tipo de lei por aqui, mas podemos contar com iniciativas privadas como a do CidadaoEco. A empresa recolhe, gratuitamente,  todo tipo de material eletrônico: placas mãe, CPU, HDs, memórias, computadores, celular com bateria e s/bateria, fios e cabos de força, processadores, no-break, CD-ROM, floopy, flat-cable, aparelho CD/DVD, bateria automotiva, etc… desmonta e encaminha as peças para a reciclagem.

Lembre-se: Esse tipo de material possui em sua composição metais pesados que podem acabar contaminando solos e lençóis freáticos se não receberem o tratamento adequado.

Inimiga da HP?

6 abr

Minha impressora quebrou, como consertá-la custaria o preço de uma nova, optei pela compra. Mas aí começou o problema, o que fazer com a antiga?

Entrei em contato com o serviço da HP via e-mail e, para minha surpresa, fui prontamente atendida. Eles me solicitaram o modelo e o número de série da impressora para que pudessem me indicar aonde entregá-la. Eu enviei, mas a resposta não veio. Uma semana depois, decidi tentar outra estratégia; fui à uma loja e condicionei minha compra da impressora nova ao recebimento da minha antiga. Eles aceitaram prontamente, mas sabe lá Deus se realmente encaminharão ao destino adequado.

Exatamente meia hora depois, recebo um e-mail me indicando um centro de reciclagem da HP. Então resolvi divulgar aqui, para evitar que aconteça o mesmo com outros consumidores da HP!

Av Vereador José Diniz 1709 – Santo Amaro

Seg à Sex 09 às 18hrs

Sáb 09 às 12 hrs

Coletores de Pilhas

17 mar

Por falar em medicamentos, a Drogaria São Paulo está distribuindo coletores de pilhas como esses:

Você leva para casa e, depois de cheio, entrega em qualquer unidade  e eles enviam para a reciclagem. A rede coleta esse tipo de material desde 2004  e afirma já ter recolhido mais de 100 toneladas de pilhas e baterias usadas. Pilhas e baterias são compostas por elementos químicos e metais altamente tóxicos que, se descartados em local não apropriado, podem contaminar o solo e a água, causando sérios danos à saúde e ao ambiente.

Como descartar medicamentos?

17 mar

Quando  terminamos um tratamento ou quando os remédios que guardamos em casa perdem a validade, vem a dúvida: o que fazer? Por falta de informação, a maioria absoulta de nós, acaba descartando no lixo comum ou joga no vaso sanitário. Pois saibam que as duas alternativas estão erradas, pois a química contida nos medicamentos, polui solo e água e pode causar acidentes no caso de ingestão por animais.

Desde novembro de 2010 o Grupo Pão de Açucar fez uma parceria com a Eurofarma Laboratórios para coletar esse tipo de material, dando a eles a destinação apropriada. A iniciativa já recolheu cerca de 350 quilos de resíduos perigosos.  Não existe no Brasil uma lei que regulamente o descarte de medicamentos. O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) estabelece normas apenas para o lixo hospitalar, mas não faz nenhum tipo de regulamentação sobre como proceder com os resíduos residenciais. Por isso, iniciativas como esta são de grande importância para a conscientização da população, carente de informação,  e também um exemplo para fabricantes que, na minha opinião, deveriam ser responsáveis pelos seus produtos.

Saiba onde descartar:

Pão de Açúcar

  • Jabaquara:  Av.Engo.Armando Arruda Pereira, 2.022
  • Real Parque:  Av. Major Sylvio de Magalhães Padilha, 13000

Extra

  • Itaim:   Av. João Cachoeira, 899
  • João Dias:   Av.Guido Caloi, 25
  • Penha:   Av. São Miguel, 962/1006

 

Como descartar medicamentos e embalagens de produtos farmacêuticos:

• Todos os medicamentos devem ser descartados em sua embalagem original, por exemplo: cartela de comprimidos, vidro de xarope, bisnaga com pomadas e cremes etc; tomando o cuidado de deixar as embalagens sempre fechadas. Não é necessário destacar os comprimidos.

• Seringas e agulhas também podem ser descartadas. O ideal é a utilização de um recipiente rígido para armazenagem como, por exemplo, latas de achocolatados, eliminando o risco de acidentes.

• Caixas de medicamentos e bulas (papel) devem ser entregues nas Estações de Reciclagem, uma vez que as mesmas não tiveram contato direto com o medicamento.

Autalizando: A Droga Raia tambem está com um programa de coleta de medicamentos. Clique aqui e saiba mais.

As Espécies Mais Perigosas do Mediterrâneo

7 mar

Muitos de vocês já devem ter visto essa campanha lançada pelo governo da Cataluña em 2009, mas remexendo nos meus arquivos, achei que vale à pena relembrar!

 

Lixo Eletrônico, o que fazer?

8 jan

Desafio: some quantos aparelhos celulares você já teve mais o número de computadores. Fazendo uma conta rápida, eu já tive pelo menos uns 8 celulares e  5 computadores, isso por que evito trocá-los com tanta frequência. Com a velocidade dos avanços tecnológicos, aparelhos eletrônicos tornam-se ultrapassados em pouco tempo e despertam na gente aquela vontade loooouca de trocá-los pelos de  última geração.

Segundo a ONG Greenpeace, estima-se que são produzidos, todos os anos, cerca de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico, que correspondem a 5% de todo o resíduo produzido na Terra. Isso representa um volume suficiente para lotar uma locomotiva, com vagões que dariam a volta ao mundo.

Esse lixo todo não deve ser descartado no lixo comum, mas encaminhado à reciclagem pois além de lotarem os aterros sanitários, eles possuem metais pesados que podem acabar poluíndo a água e o solo causando danos ao meio ambiente e à saúde pública.

Reproduzo aqui uma relação retirada do site da Secretária do Meio Ambiente, criado pelo Governo de São Paulo, com empresas e instiuições que recebem esse tipo de material.

Locais que aceitam a doação de computadores e periféricos usados para a montagem de centros de informática:

Oxigênio – http://www.oxigenio.org.br
A Oxigênio Desenvolvimento de Políticas Públicas e Sociais é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, constituída em 1988. Implantou o Centro de Recondicionamento de Computadores , localizado no Espaço Social Oxigênio em Guarulhos/SP. Tel: (11) 3051-3420

CDI – http://www.cdisaopaulo.org.br
O Comitê para Democratização da Informática é uma organização não-governamental sem fins lucrativos que, desde 1995, desenvolve o trabalho pioneiro de promover a inclusão social utilizando a tecnologia da informação como um instrumento para a construção e o exercício da cidadania. Tel: (11) 3822-0970

Meta Projeto – Acessa São Paulohttp://www.acessasp.sp.gov.br/html/modules/xt_conteudo/index.php?id=42
O MetaProjeto é uma inovação do Programa Acessa São Paulo, com o objetivo de servir como um espaço de oficinas para o público do Parque da Juventude na área de manutenção e montagem de computadores, experimentação e desenvolvimento de tecnologia, a partir de computadores reciclados. Tel: (11) 2221-1826

ABRE – Associação Brasileira de Distribuição de Excedentes
http://www.abre-excedente.org.br
Recebe doações de diversos tipos de eletrônicos, como computadores e televisores e os distribui a entidades sociais. Tel: (11) 5052-0736

Instituições que possuem bazares e aceitam doações de objetos eletroeletrônicos

Centro Espírita Nosso Lar – Casas André Luiz – http://www.andreluiz.org.br

A instituição aceita todo o tipo de usados, desde televisores, computadores, videocassetes e celulares até cartuchos vazios de impressora e placas de computador, mesmo com defeito e produtos quebrados. Agenda a entrega com o doador. Válido para a Grande São Paulo.

Hospital Albert Einstein – http://www.einstein.br
O Hospital recebe cartuchos ou toners usados. Tel: (11) 3747-3580

AACD – http://www.aacd.org.br
Recebe eletrodomésticos e eletroeletrônicos em condições de uso.Tel: (11) 5576-0811

Associação PRÓ-HOPE – Apoio a Criança com Câncer – http://www.hope.org.br
Recebe eletrodomésticos e eletroeletrônicos em condições de uso. Tel: (11) 5087-7999

Fundação Dorina Nowill Para Cegos – http://www.fundacaodorina.org.br
Recebe eletroeletrônicos em condições de uso. Tel: (11) 5087-0977

Exército da Salvação – http://www.exercitodesalvacao.org.br
Recebe eletrodomésticos e eletroeletrônicos em condições de uso. (11) 5562-2282

Museu do Computador – http://www.museudocomputador.com.br
Recebe doações de todos os equipamentos relacionados ao computador, além de telefones, máquinas de calcular, máquinas de escrever, video games, impressoras de todos os tipos e peças de computadores como teclado, monitores, mouse e fontes (mesmo sem funcionar). Tel: (11) 4666-7545.

Mas se você é do tipo “mão na massa”, arregace as mangas porque o blog The Nerd Fashionist tem uma idéia legal para reaproveitar o teclado do seu computador, clique aqui!